'Me pagan lo que me merezco, chaval'

 

A crise económica dos Media sente-se (ainda) mais em Espanha do que em Portugal. Talvez porque anos e anos de estagnação nos tenham acomodado à ideia de crise enquanto no país vizinho se estranhou a mudança radical de crescimento exemplar para buraco imobiliário-financeiro. Seja como for, sucedem-se as notícias de cortes e despedimentos nos Media espanhóis, da TV aos diários, numa frequência e num tom muito mais dramático do que entre nós.

 

Neste contexto, é interessante ler este artigo de prperiodismo sobre "El club del millón de euros", onde se assinala que, apesar da crise, há muitos profissionais dos Media que continuam a ser bem retribuídos. 

publicado por lpm às 09:38 | link deste post | comentar