A nossa luta é TVs de plasma e sapatilhas de marca

Deixámos de acreditar na lei e ordem, num universo moral, na cooperação, no objectivo da existência, mas temos fé nas sapatilhas de marca. Desprezamos a cultura, mas queremos écrans gigantes. São pensamentos incontornáveis - expressos neste excelente artigo - a propósito das noites de banditismo do Reino Unido - de "shopping center" em "shopping center" até à derrota final. 

publicado por lpm às 09:26 | link deste post | comentar