Embaraçosamente próximos

 

Muita tinta vai correr antes e depois do encerramento anunciado do News of the World, muitas cabeças vão rolar e muito pensamento sobre ética no jornalismo vai brotar.

Neste arrasador post de Peter Oborne, que se debruça, com grande detalhe, sobre a promiscuidade entre política e jornalismo, destaco o paralelo que faz entre David Cameron e o seu opositor trabalhista, Ed Milliband. Ambos têm estado silenciosos sobre o escândalo das escutas que há vários meses ameaça editores do jornal. E porquê? Porque ambos contrataram para seus assessores (spin doctors para o autor) jornalistas da cúpula da central de Murdoch.

Numa das maiores histórias de sempre da sociedade britânica, os líderes dos dois maiores partidos vão ter de ficar embaraçosamente calados.

publicado por Alda Telles às 20:40 | link deste post | comentar